quarta-feira, setembro 22, 2010

Cidade Grande X Cidade Pequena


O que você prefere? O agito da cidade grande ou o sossego de uma cidade pequena? Sempre tem prós e contras. Eu sei o que é viver numa cidade grande e numa cidade menor. Para quem nunca morou na cidade grande, ainda mais quando está entediado, cansado do marasmo e da falta de opções para se divertir numa cidade do tamanho de um ovo existe aquele eterno sonho de "um dia vou morar na capital". Se você quiser fugir da falta de privacidade, pois cidade de interior todos se conhecem. E você pode se tornar tema das fofocas. Na cidade grande não. É tanta gente que muitas vezes nos sentimos só. Milhares ao seu redor e bate aquela solidão. Se desmaiar no meio da Avenida Paulista, quase ninguém repara. Talvez reparem, mas parar para ajudar nem pensar. O pessoal do Pânico na TV fez esse teste alguns anos atrás na própria Avenida Paulista com o Mendigo e com a Mulher Samambaia. Óbvio que a mais "acudida" (veja lá o que vai pensar) foi a Samambaia.

Assim que pisei em terras brasileiras fui logo morar numa cidade a uns 60km de distância da cidade de São Paulo. Na minha adolescência houve um boom no êxodo para Sampa de filhos de chineses para estudarem nos melhores colégios. Apenas eu e mais alguns sobreviventes resistiram e continuaram por aqui. No fim das contas, consegui realizar meu sonho de morar na maior cidade do país por ter passado no vestibular da Fuvest. E muitos que foram por modismo, acabaram voltando para fazer faculdade particular. Viu como esperar um pouco mais vale a pena? Quem achou que estudando em um excelente colégio em Sampa seria o passo para uma universidade de grande porte e teve que se contentar com uma mediana se deu mal. Pois sou a prova de que nome não faz a fama. Além de ótimos colégios e universidades, uma cidade grande pode oferecer boas oportunidades de trabalho com boa remuneração. Mas a remuneração só é boa por causa do alto custo de vida que uma cidade como São Paulo proporciona. Lá tudo é caro. Mas não podemos negar que lá também se curte as melhores baladas, os melhores restaurantes, os melhores cinemas, shoppings, parques, atrações culturais e a lista é interminável.

A violência também acompanha o ritmo frenético da cidade grande. Quanto maior, pior é o nível da violência. O grande abismo existente entre quem é rico e quem é pobre é nítido. Bairros nobres versus periferia. Muita gente quer fugir de São Paulo com medo dessa violência desenfreada. Em vez dos bandidos fugirem, nós é que somos obrigados a sair correndo. Essa é vantagem da cidade pequena. O sossego e a tranquilidade. Se acontecer algo, todo mundo já fica sabendo. Depois de 10 anos morando em Sampa, resolvi voltar para a minha "terra natal". Entre aspas porque não nasci nesta cidade, eu sou importado de Taiwan. Eu cansei da correria de lá, do trânsito infernal, da multidão. Preferi ficar mais perto dos meus familiares. Trabalho a gente arruma em qualquer lugar. A remuneração não é a mesma coisa, mas como havia dito, ela é condizente com o nível do custo de vida. Aqui não ganho o que um da mesma área que eu ganha trampando na capital, mas com certeza o cara torra mais grana do que eu.

É fato inegável que, ao nos tornarmos cosmopolitas morando em grandes metrópoles, corremos o risco de sermos preconceituosos em relação a cidades menores. Por pensarmos que nas metrópoles estão as melhores oportunidades de trabalho e que fatalmente atraem a maioria dos formandos das faculdades, cria-se uma falsa impressão de que não existem empresas boas fora dos grandes centros urbanos e profissionais até melhores que os de grandes cidades. E é aí que está o engano. Eu moro numa cidade estrategicamente localizada e nada me impede de competir de igual para igual com profissionais que fazem o mesmo trabalho que eu e os outros morando onde o dinheiro acontece. Hoje em dia, a internet facilitou em muito o trabalho no computador. Em determinadas profissões, quase não se vê o cliente. É tudo online e por telefone. Vejam o exemplo de Maurício Ricardo, que criou o site Charges.com.br com projeção nacional e mora fora do eixo Rio-São Paulo. Ele é de Uberlândia, a uma distância de 556km de Belo Horizonte, com mais de 600 mil habitantes.

Onde estou hoje está ótimo para mim. Se eu quiser ir a Sampa, chego em 1 hora de carro, ônibus ou trem. Se bater o tédio, desço para o litoral em 1 hora também. Equilíbrio em todos os sentidos. Pois a cidade onde moro é de porte médio, perto da metrópole e com ares de interior.

4 comentários:

marcos disse...

Cidade grande... ou pequena? Dilema! Que cidade vc mora hoje?

Chang disse...

Bom, como internet ainda é uma terra sem lei e algumas coisas ainda quero manter em privacidade, digamos que moro em uma das cidades do Alto Tietê, SP...

Tiago Figana disse...

Bom post!

suelem egges disse...

Sou natural de Cuiabá
Mas moro em dourados cidade depois de campo grande ms
Estou com saudade da vida agitada e mais pessoas para se conversar e lugares diferente.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Busca